NOTÍCIAS

ESTIVADORES ANUNCIAM PARALISAÇÃO NACIONAL NO DIA 10

Antecipando em 24 horas a paralisação geral dos trabalhadores, programada pelas centrais sindicais para o dia 11 de julho, o presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos, Rodnei Oliveira da Silva, anunciou a paralisação nacional da categoria no dia 10 de julho. A principal reclamação do setor é o fato de a lei dos portos, regulamentada nesta sexta-feira, 28 de junho, pela presidente Dilma Rousseff, não obrigar os novos portos privados a contratar trabalhadores vinculados ao Órgão Gestor de Mão de Obra – OGMO, entidade que cuida do registro e do treinamento dos funcionários da categoria, entre outras funções.

O anúncio de paralisação foi feito pelo dirigente sindical logo após o término da plenária que reuniu nesta quinta e sexta-feira, em Belém-PA, lideranças sindicais e dirigentes das três federações de trabalhadores portuários - Federação Nacional dos Estivadores – FNE, Federação Nacional dos Portuários – FNP e Federação Nacional dos Conferentes, Consertadores, Vigias Portuários, Trabalhadores de Bloco e Arrumadores de Carga – FENCCOVIB. As entidades calculam que cerca de 25 mil estivadores que trabalham em portos estatais parem no próximo dia 10.

Fonte: Folha de S. Paulo