NOTÍCIAS

TEMPO DE LIBERAÇÃO DE CARGAS NO POSTO FISCAL DA ANVISA EM GUARULHOS CHEGA A 20 DIAS

Os despachantes aduaneiros têm enfrentado dificuldades para conseguir a liberação de Licenças de Importação - LIs no posto fiscal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, no Aeroporto internacional de Guarulhos, em são Paulo. A demora para liberar as mercadorias supera a marca de 20 dias.

O Sindicato dos Despachantes Aduaneiros de São Paulo, que atua de forma intensa na luta pelos direitos da categoria entrou em contato com a administração da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, do Aeroporto Internacional de Guarulhos para obter maiores informações sobre a demora para as anuências das Licenças de Importação.

Segundo a administração do posto fiscal de Guarulhos, a demora vem ocorrendo devido ao grande número de processos, agradava com a queda do Sistema Siscomex Importação, ocorrida no final de 2012, interrompendo os processos por três dias, além do número insuficiente de servidores e funcionários.

Outro motivo apontado pela fiscalização é o retrabalho causado pelo fato dos Despachantes Aduaneiros ainda perderem o agendamento de inspeção sanitária, o excesso de pedidos de urgência, sem fundamento, além da solicitação de informações descabidas as quais, deveriam ser de conhecimento funcional desses representantes.

A diretoria do Sindasp pede a colaboração dos despachantes aduaneiros para se atentarem aos pontos abordados pela Anvisa, a fim de  diminuir o tempo de liberação das cargas e favorecer o bom andamento das atividades no TECA/GRU.

 

Texto
Paulo Prendes 

Edição
Lenilde De León